Regras são regras ! (Parte I)

Laws Of Oniria

Regras, regras e mais regras. Pode parecer um assunto entediante, mas quando falamos de CrossFit, aquilo que é aborrecido, difícil ou desmotivador transforma-se em algo divertido, desafiante e viciante.

Nas boxes de CrossFit, há uma dezena de regras que todos devem conhecer, não só para as colocarem em prática mas para perceberem um bocadinho melhor os princípios básicos em que assenta a nossa modalidade.

Para já, a primeira parte delas! Aqui vão:

1- Arrive Early: É fundamental começar a aula a horas e é importantíssimo que todos cheguem a tempo de participarem em todos os momentos, desde logo o aquecimento. Só mostra respeito pelos outros colegas de aula, pelo coach, pelo treino e por nós próprios. É costume haver uma PEQUENINAAA sanção para quem se atrasar (burpees!), o que se tem revelado de extrema eficácia na hora de combater este velho hábito português dos atrasos.

2- Say Hello: A comunidade crossFitter de que tanto se fala começa aqui, com um simples “Olá”. Se dizemos onde começa, é melhor não dizermos onde acaba (há pormenores de colegas de treino que nos chegaram ao conhecimento e que não vão querer saber!).

3- No Ego: Nas aulas não temos rivais, só colegas de equipa. Não temos competidores, apenas pessoas que puxam por nós e nos dão incentivo. Também não temos que chegar e fazer tudo perfeitinho e mostrar que somos os maiores, até porque – guess what?! – não somos. O processo de aprendizagem requer tempo e é essencial muita humildade para reconhecermos o quanto temos (sempre) para evoluir. Só temos que correr atrás da melhor versão de nós mesmos.

4- Be Patient: Roma e Pavia não se fizeram num dia. A ideia é irmos aprendendo todos os dias, para podermos melhorar gradual e consistentemente. Antes direitinhos com barrinhas mais leves do que todos tortos com barras cheias de bumpers. O melhor de tudo: direitinhos com barras cheias. Há que ser paciente.

5- Respect the Equipment: Estão a ver um troglodita? Homenzarrões grandes e brutos? Pois não é isso que temos numa box de CrossFit. Também não precisamos fazer festinhas aos nossos kettlebells e argolas (mas há quem faça!), mas devemos tratar de todo o equipamento que usamos com cuidado e, muito especialmente, não atirar para o chão as barras vazias ou, quando carregadas de quilos e quilinhos, fazê-lo apenas em caso de necessidade. É material de qualidade, cuja longevidade devemos ajudar a promover (também não queremos ver amolgadelas no nosso Porsche, não é?!).

… to be continued.

Posted in Uncategorized.

Deixe uma resposta