Até para o ano, CrossFit Open!

Está completa a primeira fase da mais importante competição de CrossFit que acontece ao mesmo tempo em todo o mundo. O Open decorreu durante cinco semanas, para alguns angustiantes e para muitos apenas de pura diversão (ainda que com algum sofrimento pelo meio… faz parte!).

No CrossFit Oniria fizemos do Open uma festa, um estreitar de laços entre todos e um desafio acrescido àquele que já nos é proporcionado pelos treinos diários na box. Todos tiveram a oportunidade de participar e de assumir diferentes vestes, ora na qualidade de atletas, ora na de juízes, ora na de simples (mas tão importante!) adeptos.

received_948048488563123~2 IMG_20150328_122916 IMG_20150328_135619 image1 image3image3

Para que ninguém ficasse de fora, tivemos este ano a novidade da categoria “scaled”, que tornou mais acessíveis os WOD’s sem que deixassem de ser desafiantes. E tivemos também o que sempre esperamos nesta fase: muitas surpresas!
O primeiro WOD não foi só um, foi o 1 e o 1a; o segundo WOD foi a repetição de uma das provas do Open de 2014; o terceiro WOD começou com muscle ups, que acabaram por ser os primeiros de muitos atletas; o quarto WOD teve flexões em pino com um standard inesperado; e o quinto WOD surpreendeu pela ausência de burpees, um dos mais icónicos exercícios da nossa modalidade.

image image4 received_947576515276987~2 IMG_20150323_181640 IMG_20150328_134300IMG_20150328_132747

Na estreia do CrossFit Oniria na competição, pudemos confirmar que estamos no bom caminho. Exercícios conseguidos com boa técnica, mesmo que com a pressão do cronómetro; escolhas avisadas pela opção “scaled” quando o “RX” se mostrou acima das nossas reais capacidades (no ego); superação em cada WOD e sempre o máximo de companheirismo, com alguma diversão pelo meio e não perdendo de vista o fim último do Open: apurar o quão fit estamos!

Uma palavra final para quem ajuizou, que muito contribuiu para que todas as repetições válidas fossem limpas e sem dúvidas. Somos todos amigos mas nenhum score justifica qualquer tipo de cheating. Estamos habituados a treinar bem, cumprindo os standards, pelo que não foi difícil gritar “NO REP!” quando tal se justificava.

A classificação na tabela final é apenas um indicador de que podemos sempre melhorar. Estamos muito orgulhosos de todos, incluindo do nosso coach Miguel Tereno, que, salvaguardando sempre a melhor técnica, conseguiu ser o 7.º português do ranking.

Venha agora a próxima fase, os Regionais, que decorrerão ao longo do mês de Maio um pouco por todo o mundo. Os Europeus vão estar reunidos em Copenhaga e nós também vamos lá estar! Stay tuned!

IMG_20150328_191640

Posted in CrossFit Games, Uncategorized and tagged .

Deixe uma resposta